Álcool não combina com esporte !

378

Odeio essa cultura que beber é legal, é legal por que??? Uma coisa que só faz mal, que fede, tira a consciência, isso é coisa para os que gostam , não para mim . Alguém que precisa beber para ficar feliz, para ser aceito, esquecer problema, porque todo mundo esta bebendo, e para não fazer feio bebe também, é gente com caracter frágil , que não consegue nada por sua própria capacidade, precisa de um anestésico, um passaporte de aceitação. Gente que não tem personalidade sóbrio.

E é com o “um copinho” que você pode ir se levando até tomar um porre. Bom é nem começar. E se for pelo gosto (como alguns dizem) tem muita bebida gostosa e não prejudicial por ai. Tem gente que sabe que nao aguenta e faz gracinha.

É tao vulgar alguém com uma latinha ou uma longneck na mão, acaba com a beleza de qualquer um.
Difícil hoje é achar quem é feliz sem álcool, quem tem personalidade o suficiente ,em sentar em qualquer mesa e não pedir cerveja para ficar que nem todo mundo, aceitar criticas, passar por problemas com força e não com entorpecentes, quem causa e se diverte sem precisar de uns goles, isso é difícil de achar, e eu dou valor quando acho alguém assim, por isso levo nome de chata, careta e não estou nem aí.
Eu acho que existe sim quem sabe moderar, apreciar, mas é muito raro, e 99% de quem diz que consegue moderar é mentira, desculpinha pra beber mais, tipo total auto engano .

O ponto da questão do alcoolismo nas sociedades é a educação para a conscientização. “Socialmente, beber é um vício muito bem aceito. Pessoas que não fazem uso do álcool muitas vezes se sentem constrangidas em ambientes sociais. O que ocorre é que nossos pré-adolescentes são estimulados a achar que beber é positivo, que é sinônimo de felicidade, que quem bebe se solta e é mais bem aceito nos círculos sociais. O que está ocorrendo é que adultos e jovens estão bebendo muito, sem controle. A exemplo do tabagismo, que caiu 35% nos últimos 20 anos, acho que temos de tomar medidas drásticas, como a abolição das propagandas de bebidas, hipertaxação para bebidas, fazer a contrapropaganda, falando dos males do álcool no organismo, e punindo severamente para quem vende álcool para menores de idade”, principalmente nos postos de gasolinas , supermercados.Aqui, quem dita a política do álcool é a indústria. Um exemplo é a Copa do Mundo: cedendo à pressão da Fifa, o país liberou a venda de bebida alcoólica nos estádios, uma aberração !!!! Na minha avaliação, para ser bem-sucedida uma política de combate ao álcool tem de incluir ações de prevenção, tratamento e controle da oferta. .

É preciso deixar claro que aqui não se tem o intuito de empregar uma visão moralista nem ao menos hipócrita ( como vários pensam) .O grande problema do consumo de bebidas alcoólicas ,nos estádios de futebol é porque o álcool é uma droga lícita ,e tolerada pela sociedade brasileira. Entretanto, quando se verifica que, em determinada ocasião, o uso dessa substância corrobora com episódios violentos relacionados ao futebol que vêm assustando a sociedade e chamando a atenção das autoridades responsáveis, medidas que garantam a segurança de todos (dos demais torcedores e, inclusive, dos que se envolvem com brigas) devem ser rigorosamente analisadas. Não suporto bebida alcoólica e posso viver perfeitamente feliz sem essa droga totalmente liberada nessa sociedade do espetáculo. Aliás um certo deputado, disse a estupidez que eu bebia vinho, nem do cheiro eu gosto imagina da bebida . Acho muito bom ser taxada de careta, chata com minha água natural !!

Rossana Brasil Köpf
Psicanalista /Advogada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here