Jovem de Pentecoste, no Ceará, lança livro de combate à violência sexual infantil

O livro infantil conta a história de três macaquinhos irmão que após sofrerem abuso sexual perdem a magia e a alegria da infância.

143

Tom, Elis e Chico conta a história de três macaquinhos irmãos que após sofrerem abuso sexual perdem toda a magia e a alegria da infância. A história nasce do desejo de Mônica de alertar as crianças, os pais e educadores acerca dessa temática. Vítima de abuso sexual na infância, ela acredita que sensibilizar, mobilizar, conscientizar e convocar as pessoas para abraçar essa causa é fundamental.

“Tive uma parte da minha infância marcada por esta grave violação de direitos. E hoje uso de parte de minha história de vida para mudar essa triste realidade que afeta a vida de tantas outras crianças. Desde 2014 tenho me dedicado para a pesquisa, leitura, escrita e na execução de ações acerca dessa temática. Pois acredito que um município que cuida de suas crianças é também um município que cuida de seu futuro”.

Mônica está concluindo o Curso de Serviço Social, e, além de escrever o livro infantil Tom, Elis e Chico ela já realizou diversas ações em Pentecoste e em outras cidades do Estado através da Campanha Todo Dia é 18 de maio. Realizou este ano, a primeira corrida de rua contra o abuso sexual infantil em Pentecoste, promoveu a primeira audiência pública sobre o abuso sexual infantil e já ministrou mais de 50 palestras para adolescentes, pais, professores e universitários sobre o tema.

A Adel abraça essa causa junto com a Mônica e defende a erradicação da violência contra as crianças e adolescentes. Os dados do Ministério dos Direitos Humanos apontam que o Ceará em 2017 ocupava a 12ª posição no ranking nacional de denúncias por 100 mil habitantes de violência sexual de crianças e adolescentes. Promover ações de combate a essa violação dos direitos das crianças e adolescentes é essencial para promoção do desenvolvimento sustentável.

O evento

O Pré-lançamento do livro Tom, Elis e Chico será no próximo sábado, 15/09, às 18h no Gérbera Eventos (Rua José Salu, 470, Pentecoste). Haverá palestra da escritora e psicóloga cearense Helena Damasceno sobre “O Abuso Sexual Infantil” e a Exposição “Todo Dia é 18 de maio: O olhar da criança abusada”. Também participam desse momento junto com Mônica Mota, a ilustradora do livro Lia Britto e a jovem Amanda Luiz que vai abrilhantar o evento com sua voz e violão.

Para participar do evento basta adquirir um ingresso por apenas 5 reais + 1 quilo de alimento não perecível. Os valores arrecadados serão investidos na publicação do livro e os alimentos serão doados para as famílias de Pentecoste em vulnerabilidade social.

Sobre a autora

Monica Mota, Cearense de 21 anos, moradora de uma comunidade rural chamada Mingua-Terra, é Assistente Social em formação e militante social na causa contra o abuso e a exploração sexual infantil. Idealizadora da “Campanha Todo Dia é 18 de maio” que, por sua vez, visa combater o abuso e a exploração sexual infantil. Desde 2014 tem se dedicado a pesquisas, leitura, escrita e na execução de ações acerca dessa temática.

Serviço

Pré-lançamento do livro Tom, Elis e Chico
Sábado, dia 15 de setembro de 2018, às 18h.
Local: Gérbera Eventos – Rua José Salu, 470, Pentecoste.

Com informações da Assessoria de Comunicação

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here