Informação necessária.
 

CADASTRE-SE

Faça seu cadastro para receber nosso informativo eletrônico:
Nome: Informação necessária.
E-mail: Informação necessária.E-mail inválido.
 
Youtube Twitter Facebook
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

SAIU NA MÍDIA

  11/04/2017 
PÁSCOA

O sentido da Semana Santa e o significado das celebrações para os católicos

Páscoa (do hebraico Pessach) significa passagem. É a maior e mais importante festa cristã. Momento de união do povo de Deus para celebrar a  Ressurreição de Jesus Cristo, sua vitória sobre a morte e seu exemplo  transformador na terra

Foto: Divulgação / Shalom

Páscoa (do hebraico Pessach) significa passagem. É a maior e mais importante festa cristã. Momento de união do povo de Deus para a celebrar a  Ressurreição de Jesus Cristo, sua vitória sobre a morte e sua passagem transformadora pela terra.

O Tempo Pascal compreende cinquenta dias a partir do domingo da Ressurreição até o domingo de Pentecostes, vividos e celebrados com grande júbilo, como se fosse um só e único dia festivo, como um grande domingo. A Páscoa é o centro do Ano Litúrgico e de toda a vida da Igreja. Celebrá-la é comemorar a obra da redenção humana e da glorificação de Deus que Cristo realizou quando, morrendo, destruiu a morte; e ressuscitando, renovou a nossa vida.

Para os católicos, é necessário o comprometimento às origens e celebrar o sentido original, belo e profundo da  festa, que é a celebração da Ressurreição do Senhor.

Semana Santa
Cada dia para os católicos têm um significado diferente no que diz respeito a semana santa. São tradições que celebram a paixão, morte e ressurreição de Cristo. O domingo de Ramos marca o início da semana e termina com o domingo da ressurreição. Acompanhe o significado dos dias que antecedem o renascimento de Jesus Cristo.

Domingo de Ramos
Marca o início da Semana Santa. É a comemoração litúrgica que recorda a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém onde Ele iria celebrar a Páscoa judaica com seus discípulos. A liturgia da palavra evoca a Paixão do Senhor no Evangelho de São Lucas.
A Procissão de Ramos tem como objetivo apresentar a peregrinação que cada cristão realiza sobre a Terra buscando a vida eterna ao lado do Senhor. O ato de levar os ramos para casa serve para recordar da união com Cristo na luta da salvação do mundo.

Quinta-feira Santa
Durante a Quinta-feira Santa se recorda da Ceia do Senhor, onde foi instituída a Eucaristia. Além disso, acontece o “lava-pés”, ato realizado por Jesus, que lavou os pés dos discípulos em um gesto de serviço e humildade. Pela manhã é realizada na Catedral a “Missa dos Santos Óleos”, na qual se abençoa o óleo dos catecúmenos e dos enfermos e se consagra o Santo Crisma. Renovam-se também as promessas sacerdotais feitas no dia da ordenação.

Sexta-feira Santa
Neste dia não se celebra a Liturgia em sinal da morte e do sepultamento de Jesus. A Igreja recorda a traição de Judas, a agonia no Monte das Oliveiras, a condenação de Jesus, a sua Crucifixão e o seu Sepultamento na espera da Ressurreição ao Terceiro Dia.Um ato simbólico muito expressivo e próprio deste dia é a veneração da Santa Cruz que é apresentada solenemente à comunidade.

Sábado Santo
O Sábado Santo é marcado pela meditação e o silêncio. Este estado de Cristo morto é o mistério do sepulcro e da descida à mansão dos mortos. É o mistério do Sábado Santo em que Cristo depositado na tumba manifesta o grande repouso sabático de Deus depois de realizar a salvação dos homens, que estabelece na paz o universo inteiro.

A celebração Eucarística é no sábado à noite, uma Vigília em honra ao Senhor, segundo uma antiquíssima tradição, (Ex. 12, 42), de maneira que os fiéis, seguindo a exortação do Evangelho (Lc. 12, 35 ss), tenham acesas as lâmpadas como os que aguardam a seu Senhor quando chega, para que, ao chegar, os encontre em vigília e os faça sentar em sua mesa.

Domingo
A Páscoa é a passagem de Cristo da morte à vida, à sua existência definitiva e gloriosa. Nesta data se inicia a preparação de 50 dias para a festa de Pentecostes. O Domingo de Páscoa é o centro da nossa fé. Jesus veio ao mundo para viver a cruz e Ressurreição e, assim, salvar a humanidade

Com informações Canção Nova e Comunidade Católica Shalom


 

Última atualização: 11/04/2017 às 09:33:36
 

Notícias Relacionadas

11/04/2017    Igreja Batista Central (IBC Fortaleza) realiza a \"Celebração de Páscoa Vivo Está\"
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

PÁGINA INICIAL

 
 

Copyright © 2009-2017 Agência da Boa Notícia  •  Todos os direitos reservados.
Av. Des. Moreira, 2120, sala 1307 - Aldeota  •  CEP: 60170-002  •  Fortaleza - CE
Fone/Fax: (85) 3224.5509  •  E-mail: boanoticia@boanoticia.org.br

    www.igenio.com.br