Resgate e carinho: Lar Três Irmãs e o trabalho voluntário com idosos

1902


Ao abrir as portas da casa para idosos em situação de vulnerabilidade, dona Vanda Maria, fundadora do Lar Três Irmãs, percebeu que doar um pouco de si para cuidar dos mais velhos já fazia parte de sua vida




Foto: Divulgação / Lar Três Irmãs


Em campanha, idosos informam os presentes que desejam ganhar no Natal


Dona Vanda Maria é uma dessas pessoas que não se acomoda quando o assunto é ajudar ao próximo. A vontade de fazer diferente teve início quando resolveu tomar para si a responsabilidade de cuidar da velhice de seu pai. Tudo começou numa casa humilde, no bairro Jacarecanga, em Fortaleza.  Ao abrir as portas da casa para idosos em situação de vulnerabilidade, ela percebeu que o trabalho voluntário de doar um pouco de si para os mais velhos já fazia parte de sua vida. Tornou-se imprescindível. Assim ela passou a cuidar de seu pai e também dos idosos que chegavam e precisavam de atenção.


Mesmo depois da morte de seu pai, dona Vanda seguiu firme em seu propósito de melhorar a vida das pessoas que procuravam auxílio. Com a ajuda de duas irmãs, ela deu continuidade ao trabalho que já fazia e o abrigo passou a se chamar Lar Três Irmãs. Com o tempo, a casa da Jacarecanga ficou pequena, obrigando a mudança de endereço. A nova localização é na Rua Gustavo Braga 140, Rodolfo Teófilo.


O Lar conta com a assistência de três das quatro filhas de dona Vanda. “Ainda precisamos de muita coisa, mas, sou muito agradecida às pessoas que nos ajudaram e as que seguem nos ajudando”, afirma. O Lar não conta com ajuda governamental e sobrevive da ajuda de grupos voluntários.


A casa onde o lar funciona ficou novamente pequena para tantos velhinhos que procuram por abrigo. “Nós precisamos de um lugar maior para que tenhamos condição de cuidar de mais pessoas. Estamos trabalhando com a capacidade máxima. Meu maior desejo é ter um espaço maior para oferecer mais conforto e ajudar a mais crianças”, detalha dona Vanda, que se refere aos acolhidos carinhosamente de “minhas crianças”.

Campanha

A fundadora do abrigo também está agradecida com as doações que foram alcançadas, após a veiculação da campanha natalina feita pelo Lar três Irmãs e disponível no Facebook. Na publicação, os idosos seguram um quadro negro onde está escrito o presente que eles gostariam de ganhar no Natal. As curtidas, comentários e compartilhamento não param de crescer. “Eu e minha filha tiramos as fotos e organizamos a campanha. Não queremos espalhar tristeza ou comover as pessoas para que elas se sintam na obrigação de ajudar. Nossa publicação é simples. Precisamos de ajuda, mas, é bem melhor que ela venha com alegria. Já conseguimos uma ceia de natal para eles”, comemora dona Vanda.

Lar Três Irmãs

O Lar Três Irmãs é uma organização não governamental que resgata e cuida de idosos que estão em situação de vulnerabilidade e abandono. Atualmente conta com 19 idosos, 7 homens e 12 mulheres.

Serviço

Lar Três Irmãs

Rua Gustavo Braga 140, Rodolfo Teófilo, Fortaleza

Contato: (85) 30233345 / 987050252
Facebook


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here