SindJustiça Ceará lança cartilha sobre assédio moral

401

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Ceará (SindJustiça Ceará) lançou uma cartilha para os profissionais que trabalham no judiciário cearense sobre o assédio moral no ambiente de trabalho. A iniciativa marcou as comemorações da Semana do Servidor, que contou com diversas ações promovidas pela entidade para comemorar o Dia do Servidor Público. O lançamento aconteceu em dois momentos, no Palácio da Justiça e no Fórum Clóvis Beviláqua.

A cartilha “Assédio moral: não permita!” conta com diversas informações para que os servidores compreendam as atitudes que caracterizam um assédio moral, bem como os casos específicos que ocorrem no setor público judiciário e as leis que protegem o trabalhador. A obra ainda sinaliza sobre os tipos de assédio, como reconhecer se o servidor é uma vítima e as consequências que esse mal pode causar à saúde do servidor.

Considerado um dos problemas mais graves que acometem os trabalhadores do judiciário, o assédio moral pode ser definido como a exposição de um trabalhador a situações humilhantes e constrangedoras, acarretando, através de sua continuidade, em uma baixa autoestima e uma falta de sensação de segurança do indivíduo, fazendo com que ele duvide de sua capacidade. Essa cartilha, portanto, além de alertar sobre esse mal, também tem o propósito de encorajar aqueles que sofrem esse tipo de assédio a buscarem ajuda e denunciarem.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here